Scroll Top

Cadastre seu e-mail para ser avisado sobre benefícios e novidades da alimentação natural!

Dicas de Saúde Qualidade de vida

Os 10 problemas que fazem você sentir cansaço

Quase todo mundo chega em um momento que sobrecarrega de vez em quando. Esse tipo de cansaço temporário pode ser uma resposta normal quando chega ao excesso de atividade física e mental.

Existem outros fatores que também podem estar ocasionando esse cansaço como a falta de sono, falta de atividade física, efeitos colaterais de medicamentos ou até mesmo de uma dieta saudável.

No entanto, cansaço ou fadiga por sobrecarga de trabalho é mais profunda e é diferente de uma sonolência normal, embora ambos podem ocorrer ao mesmo tempo. Se você tem sono constante, falta de energia e fadiga, pode ser devido a algum problema de saúde subjacente.

1. Apneia (distúrbio do sono)

A apneia é um distúrbio do sono muito comum que pode causar fadiga diurna e sensação de cansaço. Neste distúrbio do sono, a respiração da pessoa é interrompida involuntariamente durante o sono. A apneia acontece devido a um bloqueio ou estreitamento das vias respiratórias em seu nariz, boca ou garganta.

Se você estiver passando por fadiga crônica, juntamente com a sensação de acordar durante a noite esgotado além de dor de cabeça depois de acordar, você pode estar sofrendo de apneia do sono. Consulte o seu médico imediatamente. Mesmo perdendo uma pequena quantidade de sono pode prejudicar a sua saúde e humor.

2. Menopausa (interrupção dos ciclos menstruais)

As mulheres que estão passando pela menopausa comumente poderão se sentir cansadas. O estrogênio, a progesterona, hormonas da tiróide e supra-renais estão envolvidos na regulação da energia celular no corpo. Durante a menopausa, esses níveis de hormona flutua muito, o que pode levar a fadiga.

Além disso, durante esta fase, as mulheres acham difícil obter um bom sono devido ao suores noturnos e ondas de calor. A falta de sono pode deixa você se arrastando durante o dia. A fadiga atrai outros sintomas da menopausa, como ansiedade, falta de concentração e falta de confiança.

A menopausa precoce, bem como as alterações menstruais, endometriose, dor pélvica e histerectomia estão todos relacionados com a síndrome da fadiga crônica, de acordo com um estudo de 2015 publicado na menopausa. A síndrome da fadiga crônica pode ser de duas a quatro vezes mais comum em mulheres do que em homens e é mais prevalecente em mulheres com seus 40 anos em média.

3. Febre glandular (mononucleose infecciosa)

10 problemas que fazem você se sentir cansado (a)

Febre glandular é um dos problemas

A Febre glandular é também conhecida como mononucleose infecciosa, trata-se de uma infecção virai que causa fadiga grave além de outros sintomas como febre, perda de apetite, dores musculares, dor de garganta e glândulas inchadas.

Enquanto outros sintomas de febre glandular ir embora dentro de um mês, os pacientes sofrem de fadiga durante vários meses. Estudos dizem que o risco de qualquer fadiga prolongada ou síndrome da fadiga crônica causada pela febre glandular pode ser cinco a seis vezes pior do que de outras infecções do trato respiratório comuns.

Geralmente surge o aparecimento da síndrome da fadiga crônica após um episódio agudo de febre glandular. Se suspeitar que você tenha febre glandular, consulte o seu médico para diagnóstico e tratamento adequado rapidamente.

4. Depressão nervosa (Transtorno depressivo)

A depressão atinge 350 milhões de pessoas atualmente no mundo, esse problema pode fazer sentir-se extremamente cansado mesmo depois de uma boa noite de sono. Além disso, as pessoas que estão em depressão muitas vezes sofrem de problemas de sono. Qualquer problema relacionado ao sono afeta também o seu nível de energia.

A fadiga é um dos principais sintomas em pacientes com depressão. Essa doença provoca uma menor produção de diversos neurotransmissores, o que acaba resultando em fadiga crônica.

Se não tratada, a depressão pode alcançar níveis elevados chegando a levar a pessoa ao suicídio. É importante consultar um médico em caso de sentir fadiga constante, sentir-se triste, sem esperança, inútil e impotente.

5. Esclerose múltipla (corrói a Bainha de mielina)

A esclerose múltipla é conhecido como (EM), trata-se de uma doença autoimune que afeta o sistema nervoso central – o cérebro e a medula espinhal.

O mais comum neste problema é que o sistema imunológico corrói a mielina do corpo, que é um revestimento protetor e isolante que cobrem os nervos responsáveis por enviar os sinais ao corpo. As mulheres parecem ser mais propensas a esta doença do que os homens.

A fadiga é um sintoma comum de esclerose múltipla. Cerca de 80% das pessoas com esclerose múltipla sofrem de fadiga. Esta fadiga piora à medida que o dia passa, o calor e a umidade podem piorar a situação. A síndrome das pernas inquietas, bem como fadiga e má qualidade do sono são comuns em pacientes com Esclerose múltipla.

Outros sintomas comuns da esclerose múltipla são dormência ou fraqueza em um ou mais membros, formigamento ou dor em partes do seu corpo, fala arrastada e tonturas.

Até então não há cura para esta doença, com o diagnóstico e tratamento oportuno, pode retardar a progressão e reduzir e amenizar a gravidade dos sintomas.

6. Diabetes ( altos níveis de açúcar no sangue )

A fadiga e cansaço são as queixas mais comuns entre as pessoas com problema de diabetes, o que dificulta a capacidade de fazer atividades do dia-a-dia. A fadiga crônica é mais prevalecente em pacientes com diabetes tipo 1.

Não existe um estudo concreto sobre o motivo da diabetes deixar as pessoas tão cansadas. No entanto, acredita-se que o corpo necessita de utilizar uma grande quantidade de energia para lidar com mudanças frequentes nos níveis de açúcar no sangue, isso acaba resultando em fadiga. São frequente estes sintomas de fadiga e fraqueza apesar de comer corretamente e dormir o suficiente.

Se você sente fadiga acompanhada do aumento da sede e da fome, aumento da frequência urinária e perda de peso inesperado, queira procurar um médico em breve. O diagnóstico precoce e rápido do problema permite um tratamento mais eficaz.

7. Fibromialgia ( Síndrome de Joanina Dognini )

10 problemas que fazem você se sentir cansado (a)

Fibromialgia causa cansaço e dores nas articulações

A fibromialgia é outro problema comum que causa fadiga crônica e dor nos músculos e esqueleto, especialmente em mulheres. É descrita como uma doença das articulações, músculos e tecidos fibrosos. Em pessoas com fibromialgia, a fadiga vem acompanhada de sentimentos de depressão e, muitas vezes, a retirada do meio social por conta própria.

Juntamente com fadiga crônica, outros sintomas da fibromialgia são dor profunda do músculo, problemas de sono, ansiedade e depressão. Consulte o seu médico se você sentir esses sintomas, com o tempo a sua condição pode piorar e afetar gravemente a sua qualidade de vida pessoal e profissional.

8. Hipotiroidismo ou Hipotireoidismo

A fadiga está presente em quase todos os problemas e é um sintoma debilitante para pacientes de tireoide, aqueles que sofrem de Hipotiroidismo ou Hipotireoidismo.

A glândula tireoide auxilia na regulagem do metabolismo, que é a taxa à qual o organismo utiliza energia. Quando a glândula não está produzindo o suficiente, resulta em fadiga constante, cansaço e baixo consumo de energia .

Segundo um estudo realizado em 2012, pacientes com hipotireoidismo auto-imunes tinham níveis significativamente mais elevados de fadiga, em comparação com pacientes com carcinoma diferenciado de tireóide.

Outros sintomas do hipotireoidismo são: súbito aumento de peso, dor muscular, perda de cabelo, pele seca e aumento da sensibilidade ao frio. Se você estiver enfrentando esses sintomas, consulte o seu médico.

9. Anemia (baixos níveis de hemoglobina)

A anemia é uma condição caracterizada por baixos níveis de hemoglobina, que é o produto químico de transporte de oxigênio na corrente sanguínea. A falta de oxigênio no organismo provoca fadiga constante e cansaço.

Os sintomas comuns da Anemia são: fadiga juntamente com falta de ar, tonturas, dores de cabeça, mãos e pés frios, pele pálida e dores no peito. Sentindo estes sintomas, faça um diagnóstico adequado para o tratamento da anemia e para a saúde em geral.

10. Síndrome de Fadiga Crônica

Como o próprio nome já diz, os sintomas principais de Síndrome de Fadiga Crônica são fadiga e cansaço grave e incapacitante, que se prolonga por meses. A fadiga extrema após as atividades físicas ou mentais normais, podem durar mais de 24 horas após a atividade. E assim pode até não melhorar mesmo com o repouso.

Os outros sintomas da Síndrome de Fadiga Crônica incluem dor de garganta, dores musculares ou articulares e dores de cabeça. Ainda não existe um diagnóstico concreto sobre a causa da Síndrome de Fadiga Crônica. Pesquisadores acreditam que vírus, hipotensão, um sistema imunitário enfraquecido e desequilíbrios hormonais são fatores contribuintes.

Considerações:

Evite ficar muitas horas ou noites sem dormir corretamente, o tempo ideal para o descanso noturno é de no mínimo 8 horas de repouso. Portanto não espere o problema chegar para mudar seus hábitos de vida para uma saúde melhor!

ATENÇÃO - As informações e dicas de saúde contidas neste site, não substitui o acompanhamento e/ou receita do seu médico. Nunca faça nenhuma medicação por conta própria, siga o tratamento de acordo com a orientação do seu médico especialista.
Este artigo foi útil para você?
NãoSim
13 pessoas gostaram! #Compartilhe!

Gostou das dicas? Deixe sua opinião!

Marque algum(a) amigo(a) do Facebook para recomendar a leitura.

Gostou das dicas? deixe sua opinião!!!