Scroll Top

Cadastre seu e-mail para ser avisado sobre benefícios e novidades da alimentação natural!

Dicas de Saúde

As 8 Causas de Câimbras nas Pernas Durante a Noite

Câimbra / Cãibra é uma súbita contração involuntária dos músculos durante a noite, períodos de descanso e até mesmo quando está fazendo algum tipo de exercício. O que é bom para câimbra é sempre manter uma alimentação rica em magnésio e cálcio, são dois elementos importantíssimos que provocam a melhora no exercício de contração muscular e evita o surgimento de cãibras.

Câimbra noturna na perna, na panturrilha, na barriga, no pé e também no período de gravidez é extremamente desconfortável e pode ser um verdadeiro pesadelo para quem sofre com esse problema, principalmente quando acontece a cãibra durante a noite quando você menos espera.

A duração de uma câimbra pode ser de alguns segundos ou até vários minutos. Ao terminas as contrações musculares da câimbra, a dor muscular pode permanecer por algum tempo.

Qualquer pessoa pode ter câimbra, porém são mais comuns em pessoas de meia-idade ou mais velhos. Eles também podem ocorrer com bastante frequência em adolescentes e em pessoas que se exercitam durante bastante. As mulheres grávidas também pesquisam sobre como aliviar cãibra na gravidez, pois é um problema constante durante esse período.

O motivo exato causador de câimbra nas pernas a noite não é bem específico. No entanto, existem muitos fatores que contribuem que podem causar câimbras nas pessoas. Separamos alguns dos vários problemas sobre o que causa câimbra nas pernas durante o sono.

Veja 10 problemas que causam câimbras nas pernas

As 8 Causas de Câimbras nas Pernas Durante a Noite

Hipotiroidismo e outros fatores causam câimbras

1. Hipotiroidismo causa câimbras

Um baixo nível de hormonas da tireoide podem indiretamente contribuir para a fraqueza muscular, é uma das principais causas de câimbras durante a noite. Os hormônios da tireoide pode ter um impacto direto na absorção de cálcio. A deficiência de cálcio está associada a fraqueza muscular, dormência, dor e cólicas.

Além disso, os hormônios da tireoide em baixa pode também levar a queda do metabolismo. Um alto metabolismo é importante para manter a energia, bem como a forma como seus músculos se sente depois de fazer seus exercícios regulares.

2. Desidratação causa câimbras nas pernas

Uma hidratação adequada contribui para que possamos ter um corpo e mente saudáveis. A hidratação também impacta diretamente no desempenho e desenvolvimento de seus músculos evitando o aparecimento das câimbras.

Beba bastante água para evitar câimbras, água representa 75% do tecido muscular e ajuda-os a contrair e relaxar facilmente. Assim, não manter níveis adequados de hidratação durante o dia pode ser uma das causas de dolorosas câimbras nas pernas durante a noite.

A água também é muito importante para a circulação adequada de nutrientes no corpo. Sem água, os músculos serão privados de nutrientes importantes que podem levar a desequilíbrios de eletrólitos (principalmente sódio, potássio, cálcio e magnésio).

Mesmo uma fraca desidratação pode prejudicar o desempenho atlético e pode ser uma das causas de câimbra nas pernas a noite. Ao sair para fazer uma caminhada ou ir para a academia, deve sempre estar com uma garrafinha de água.

3. Desnutrição causa câimbras na barriga da perna

Qualquer descontrole ou desequilíbrio de eletrólitos de sódio minerais, potássio, cálcio e magnésio no corpo pode contribuir para câimbras noturnas associada ao exercício.

Estes minerais são responsáveis por por comandar todos os impulsos nervosos e contrações musculares, e manter seus músculos funcionando sem problemas.

O potássio é um eletrólito importante encontrado em todas as células do corpo, incluindo as células musculares e nervosas. Ele funciona juntamente com o sódio e cloreto de gerar impulsos elétricos nos nervos e nos músculos.

O cálcio está associado a contrações musculares bem como a geração de impulsos nervosos. A deficiência de qualquer destes minerais pode contribuir para problemas relacionados a dores musculares e câimbras.

4. Diabetes causa câimbras se estiver alta

Problemas de diabetes também pode contribuir para dores musculares e câimbras na perna. Na verdade, é uma forma de lesão do nervo chamado neuropatia diabética, uma das complicações da diabetes não controlada.

Além da dor aguda no músculo da perna, algumas pessoas com diabetes também podem sentir formigamento e dormência. O açúcar elevado no sangue também provoca micção excessiva e desidratação subsequente, o que contribui para câimbra nas pernas a noite.

Se você está sentindo câimbras musculares relacionadas com diabetes, consulte rapidamente o seu médico. Reparar alguns danos nos nervos com antecedência é importante na prevenção de complicações futuras.

As 8 Causas de Câimbras nas Pernas Durante a Noite

Faça exercícios regularmente para evitar câimbras nas Pernas

5. Caminhada ou muito tempo em pé causa câimbras

Ficar de pé por muito tempo, caminhar demais sem ter costume ou usar saltos altos por um tempo prolongado pode contribuir para a fadiga muscular por causa do esforço excessivo. Este por sua vez pode causar câimbras nas pernas durante a noite.

Estudos já comprovaram que permanecer em pé por muito tempo no local de trabalho, pode ser um fator de risco importante para o aparecimento de varizes e uma das causas de câimbra nas pernas em homens e mulheres quando está dormindo.

O ideal é que faça intervenções na rotina de trabalho para interromper ou reduzir o tempo parado na mesma posição no trabalho, devem ser implementadas maneiras para evitar que no futuro apareçam esses problemas.

Para descobrir as causas de câimbra nas pernas devemos verificar alguns hábitos errados como, sentar de forma inadequada, colocar as pernas em posições estranhas ou desconfortáveis poderão contribuir para o aparecimento de câimbras durante a noite.

6. Remédios como antipsicóticos, anticoncepcionais e corticóides podem causar câimbras

Outras causas comuns de câimbras durante a noite são efeitos colaterais de algumas medicações. Alguns remédios, principalmente os que diminuem o colesterol (estatinas) e diuréticos, contribuir para a perda de água e eletrólitos do corpo. Por sua vez deixam o corpo mais propenso ter câimbras musculares.

Câimbras também podem ser efeitos de alguns outros medicamentos como antipsicóticos, pílulas anticoncepcionais e corticóides. Se começar sentir câimbras de repente após tomar um novo medicamento, consulte o seu médico.

7. Câimbras na gravidez, o que fazer ou como evitar

As mulheres grávidas também sofrem com o aparecimento de câimbras nas pernas durante a noite, geralmente acontece a partir do segundo trimestre, essas câimbras podem variar em intensidade, de leve até extremamente dolorosa.

As câimbras nas pernas durante a gravidez pode ser devido ao aumento da pressão do útero em certos nervos, fadiga, ou circulação reduzida nas pernas devido a pressão do bebê sobre os vasos sanguíneos da região do útero.

Durante a gravidez, é ideal que faça exercícios leves e moderados para ajudar na circulação do sangue além de trazer diversos benefícios para a saúde em geral durante a gestação, é muito importante falar sobre as câimbras e discutir este problema com o seu médico.

8. Bebida alcoólica causa câimbra a noite

Sabemos que o consumo excessivo de álcool não é bom para sua saúde em todos os sentidos, os nervos periféricos podem ser danificados devido ao uso excessivo de bebidas, esta é uma das causas de câimbra nas pernas. Dores nas pernas e câimbra musculares são sintomas comuns de neuropatia alcoólica.

O que causa cãibra nas pernas durante o sono também está ligado ao excesso de bebida alcoólica, que provoca desidratação devido ao efeito diurético do álcool. Além disso, a bebida pode causar uma deficiência de magnésio em todo o corpo.

Outro ponto importante a ser observado é que a ingestão de álcool em excesso aumenta o teor de ácido láctico no seu corpo. ácido láctico em excesso pode levar a câimbra ou dores musculares em todo corpo.

As 8 Causas de Câimbras nas Pernas Durante a Noite

Veja dicas para evitar o aparecimento de câimbras nas pernas

Essas câimbras são muito comuns nas pernas, mas também pode ocorrer nas solas dos pés ou em vários outros músculos do corpo. No local da câimbra, você pode sentir um nódulo duro de tecido muscular. Para saber como aliviar câimbras, ou como evitar, ( leia: O que Comer para Acabar com as Cãibras ), basta mudar alguns hábitos e melhorar a alimentação diária.

Dicas para prevenir ou evitar câimbras durante a noite:

  • Beba bastante água e outros líquidos saudáveis para evitar a desidratação.
  • A ingestão de bebidas com eletrólitos podem ser úteis na prevenção do problema.
  • Evitar bebidas, café e refrigerante que sugam a água do corpo, aumentando o risco de cólicas.
  • Faça um rápido alongamento e estique os músculos da perna antes de ir dormir. Esticando seus músculos pode ajudar a aliviar a câimbra  muscular e reduzir a chance surpresas a noite.
  • Pedalar em uma bicicleta ergométrica por 10 minutos antes de ir para a cama evita câimbra nas pernas a noite.
  • Mantenha cobertores e lençóis soltos para que seus dedos não fiquem distorcidos durante o sono.
  • Se você sentir câimbra, massageie o músculo apertando-o com as mãos durante 10 a 15 minutos.
  • Andar a pé ou sacudindo a perna depois de uma câimbra, o corpo reconhecerá que o músculo precisa se contrair e depois relaxar. Estes movimentos podem promover a recuperação mais rápida.
  • Aplicando uma compressa quente em cima do músculo apertando-o poderá relaxar e aliviar a dor da câimbra mais rápido.
  • Tenha sempre uma boa dieta de potássio, boas fontes de potássio incluem banana, tâmara, damasco, uva, couve, brócolis, laranja, toranja, peixe, carne de porco e cordeiro.
  • Além disso, tente adicionar mais magnésio para sua dieta. Nozes e sementes são excelentes fontes de magnésio.
  • As mulheres grávidas devem consultar um médico antes de tomar suplementos de magnésio.
ATENÇÃO - As informações e dicas de saúde contidas neste site, não substitui o acompanhamento e/ou receita do seu médico. Nunca faça nenhuma medicação por conta própria, siga o tratamento de acordo com a orientação do seu médico especialista.
Este artigo foi útil para você?
NãoSim
266 pessoas gostaram! #Compartilhe!

Gostou das dicas? Deixe sua opinião!

Marque algum(a) amigo(a) do Facebook para recomendar a leitura.

Gostou das dicas? deixe sua opinião!!!