Scroll Top

Quais os Sintomas Iniciais da Caxumba?

Será que estou com caxumba?
Como saber se estou com caxumba?
Quais os primeiros sintomas de Caxumba?

São estas e outras perguntas que vem logo em nossa mente quando sentimos alguns sintomas ou inchaços no pescoço. As caxumba é mais contagiosa geralmente mesmo antes que os sintomas sejam notados.

A caxumba tem um período de duração que varia entre 7 a 18 dias, mas em média é de cerca de 10 dias após o diagnostico.

Quais os Sintomas da Caxumba?

Muitas pessoas buscam informações sobre quais os sintomas da caxumba. Além do primeiro sintoma ser o inchaço do pescoço, alguns outros sintomas podem ser notados como:

  • dor e desconforto na região devido ao inchaço
  • febre
  • dor de cabeça
  • sensação de mal-estar
  • boca seca
  • dores nas articulações
  • mal-estar geral.

A dor de ouvido também pode ser sentida no início ou durante o período de caxumba, especialmente quando se mastiga. Poderá também perceber um gosto amargo na boca e a deglutição pode ser difícil.

A caxumba pode piorar se não tratar?

A caxumba pode também resultar em complicações maiores como meningite e inchaço doloroso dos testículos ( orquite ) ou ovários (oophorite).

Quais o efeitos colaterais da Caxumba?

Em crianças e adultos afetados com caxumba sem complicações, a maioria dos casos tem uma melhora rápida e não tem outros efeitos colaterais.

Em alguns casos raros, podem ocorrer danos neurológicos, perda auditiva, pancreatite e até morte.

Caxumba na gravidez, quais os riscos?

Caxumba pode ser perigosa também na gravidez, existe um risco alto de aborto espontâneo nas primeiras 12-16 semanas.

Se você está grávida, evite estar em ambientes com pessoas que tenha caxumba. Caso venha contrair a caxumba na gravidez, avise imediatamente seu médico para que ele possa orientar sobre alguma medicação e seus procedimentos.

ATENÇÃO - As informações e dicas de saúde contidas neste site, não substitui o acompanhamento e/ou receita do seu médico. Nunca faça nenhuma medicação por conta própria, siga o tratamento de acordo com a orientação do seu médico especialista.
Este artigo foi útil para você?
NãoSim
8 pessoas gostaram! #Compartilhe!

Gostou das dicas? Deixe sua opinião!

Marque algum(a) amigo(a) do Facebook para recomendar a leitura.

Gostou das dicas? deixe sua opinião!!!