Scroll Top

Cadastre seu e-mail para ser avisado sobre benefícios e novidades da alimentação natural!

Vitaminas

Vitamina A: Alimentos ricos e seus benefícios

A vitamina A também pertence à um grupo conhecido como vitaminas lipossolúveis, essas vitaminas lipossolúveis precisam da presença de lipídeos, bile e suco pancreático para serem absorvidas e armazenadas nos tecidos. A vitamina A pode ser encontrada tanto nos alimentos de origem animal, na forma de retinóide, quanto em alimentos de origem vegetal como pró vitamina. No corpo humano a vitamina A é encontrada como retinol, retinal e ácido retinóico.

A vitamina A desenvolve algumas funções importantes no organismo, entre elas está sua atuação no ciclo visual, na diferenciação celular, no desenvolvimento dos ossos, proteção da pele, fortalecimento do sistema imunológico, conservação do esmalte dos dentes, manutenção dos cabelos, previne a oxidação celular, age garantindo o funcionamento saudável dos órgãos reprodutivos, entre outros.

Fontes de Vitamina A

As principais fontes de vitamina A de origem animal são: gema de ovo, bife de fígado de vaca, óleos de peixe, leite, manteiga e queijo minas. Já as fontes de vitamina A de origem vegetal são: cenoura, batata-doce, manga, espinafre, couve manteiga, mamão e tomate, esses vegetais são ricos em carotenoides, substância que é transformada em vitamina A no organismo.

Vitamina A: Alimentos ricos e seus benefícios

Veja alguns alimentos ricos em Vitamina A

Dose diária recomendada

Existe uma variação da necessidade diária de vitamina A de acordo com a fase da vida, segue a dosagem mínima para o bom funcionamento do organismo:

  • bebês de até um ano de idade: 400 a 500 mcg/dia
  • crianças de até 8 anos: 300 a 400 mcg/dia
  • crianças de até 13 anos: 600 mcg/dia
  • homens a partir dos 14 anos: 900 mcg/dia
  • mulheres a partir dos 14 anos: 700 mcg/dia

Os valores alteram para mulheres grávidas e lactentes, durante a gestação o valor indicado é de 750 a 770 mcg/dia, e durante a amamentação a dose diária de 1200 a 1300 mcg/dia.

Benefícios da Vitamina A no organismo:

Desenvolvimento corporal:

A vitamina A é essencial para o desenvolvimento e crescimento das crianças, principalmente para as mulheres grávidas no desenvolvimento do feto.

Ação antioxidante:

Uma da principais funções da vitamina A é seu efeito antioxidante, combatendo os radicais livres e prevenindo de diversas doenças degenerativas e crônicas e retardando o envelhecimento, dessa forma a ingestão adequada de vitamina A é um meio de manter a saúde ao longo da vida.

Vitamina A melhora a saúde dos olhos:

É essencial para o bom funcionamento dos olhos já que protege a córnea e ajuda na percepção de pequenas quantidades de luz. A vitamina A também protege os olhos dos radicais livres que causam a degeneração da retina evitando prejuízos na visão como a cegueira e dificuldade de enxergar com pouca iluminação.

Fortalece o sistema imunológico:

A vitamina A atua na defesa do organismo ajudando em sua recuperação, além disso ajuda a manter úmidas e saudáveis as mucosas (dos olhos, nariz, estômago, garganta, boca) que são responsáveis na proteção de infecções.

Todas as infecções e viroses são menos prováveis de se estabelecerem em pessoas que ingerem a quantidade adequada dessa vitamina.

Melhora a saúde do coração:

A vitamina A ajuda a diminuir os níveis de colesterol mau (LDL), que está intimamente relacionado a hipertensão e a arteriosclerose.

A vitamina A fortalece os ossos:

A vitamina A é responsável pelo crescimento saudável e adequado dos ossos, além de manter a densidade óssea adequada, dessa forma na idade adulta e idosa a degradação óssea é retardada.

Protege e auxilia o sistema nervoso:

Os níveis adequados de vitamina A auxiliam em um desenvolvimento cognitivo mais sólido e rápido, principalmente durante o desenvolvimento das crianças, além de proteger de doenças degenerativas, como o mal de Alzheimer e doença de Parkinson.

Vitamina A melhora a saúde dos homens:

A vitamina A incentiva a produção da testosterona estabelecendo bons níveis desse hormônio no corpo masculino. Além disso, os baixos níveis de vitamina A pode comprometer a fertilidade masculina, já que a produção de esperma também necessita de bons níveis de vitamina A.

Auxilia no ganho de massa muscular:

Como a vitamina A fortalece o tecido ósseo, ela reduz os riscos de fraturas em treinos de resistência física, nos jovens, principalmente, a vitamina A ajuda a manter o crescimento adequado. Como é um antioxidante, a vitamina A ajuda a livrar os músculos dos radicais livres após a musculação, auxiliando na regeneração muscular.

Vitamina A retarda o envelhecimento precoce:

A pele também é beneficiada pela vitamina A, já que esta auxilia na produção de colágeno, deixando a pele firme e tonificada, livrando de rugas e marcas de expressão.

Auxilia na síntese de hemoglobina:

Responsável por regular a produção de hemoglobina pelo metabolismo celular, aumentando o abastecimento de oxigênio das células do corpo.

Vitamina A: Alimentos ricos e seus benefícios

A vitamina A é responsável pela saúde de vários órgãos do corpo.

Sinais de deficiência de Vitamina A

A deficiência de vitamina A é um grande problema nutricional e trás vários prejuízos à visão, acarretando a cegueira noturna e a xeroftalmia. Inflamações nos olhos se tornam mais comuns facilitando o desenvolvimento de glaucoma e catarata.

Como a vitamina A também fortalece o sistema imunológico e os ossos, a sua deficiência no organismo deixa o corpo vulnerável a outros tipos de infecções e provoca o enfraquecimento dos ossos facilitando a osteoporose os idosos e problemas no desenvolvimento nos jovens.

A falta dessa vitamina também deixa a pele, cabelos e unhas com aspecto ressecado. Além disso, a vitamina A ajuda na produção de hemoglobina, sua deficiência diminui esse processo e pode levar ao desenvolvimento de anemia.

Toxidade da vitamina A

O excesso de vitamina A no organismo causa uma leve irritação nos olhos, acompanhada de coceira, queimação nessa região e visão embaçada, pode também causar náuseas de deixas as palmas das mãos e planta dos pés com o tom alaranjado.

O prolongamento do excesso de vitamina A pode atrapalhar o crescimento e hipertrofiar o fígado e baço, e também causar queda de cabelo. Sintomas mais leves envolvem dores de cabeça, cansaço, fadiga, perda de apetite e sonolência.

Manter uma alimentação saudável e diversificada basta para atingir a dose diária de vitamina A indicada, dessa forma, deve-se ter cuidado com a suplementação de vitaminas sem orientação médica ou nutricional, já que o excesso da vitamina A prejudica o organismo.

ATENÇÃO - As informações e dicas de saúde contidas neste site, não substitui o acompanhamento e/ou receita do seu médico. Nunca faça nenhuma medicação por conta própria, siga o tratamento de acordo com a orientação do seu médico especialista.
Este artigo foi útil para você?
NãoSim
11 pessoas gostaram! #Compartilhe!

Gostou das dicas? Deixe sua opinião!

Marque algum(a) amigo(a) do Facebook para recomendar a leitura.

Gostou das dicas? deixe sua opinião!!!